Bysoft - Simplifique o Mundo

Com foco em internacionalização, Bysoft projeta crescimento de 30% em 2015

Com foco em internacionalização, Bysoft projeta crescimento de 30% em 2015

Empresa de tecnologia especialista no setor de comércio exterior concluiu 2014 com 21% de aumento na receita. Para 2015 o foco é a expansão para novos mercados e a criação de soluções voltadas ao Business Intelligence

Fusões e novas soluções foram os destaques de 2014 para a Bysoft. A empresa paulista, que atua no setor de tecnologia da informação com foco em comércio exterior, fechou o ano com crescimento de 21% na receita e cerca de 900 novas licenças de uso. Entre as ações estratégicas que possibilitaram o resultado, destacam-se a fusão com a catarinense GETT Tecnologia, ampliando a atuação no Sul do país.

Para a CEO da Bysoft, Edneia Moura Chebab, as projeções pessimistas do próximo ano não assustam os negócios da empresa, que pretende encerrar 2015 com um crescimento de 28% no faturamento e atuação em todo o território brasileiro, além de expansão internacional. “Mesmo com o desaquecimento da economia nos últimos dois trimestres alcançamos 96% das metas estabelecidas para as vendas de 2014. Para 2015 investiremos na ampliação dos canais de vendas e na utilização do marketing digital para alcançar os segmentos de mercados que pretendemos ”, ressalta.

Investimento em inteligência analítica e novos mercados

Para evitar a contenção do crescimento devido à situação econômica, a Bysoft investe em novos segmentos. Em 2015, o foco será em duas frentes: uma solução de Business Intelligence, e uma parceria que resultará em um sistema internacional, que irá complementar todo o serviço da cadeia de  supply chain.

“Em tempos de retração, ter em mãos dados concisos para garantir um planejamento estratégico eficiente é fundamental. Por isso lançamos o ByAnalytics, sistema que auxilia as empresas na obtenção e análise de dados, auxiliando na tomada de decisões estratégicas”, explica Edneia.

A CEO da Bysoft conclui que se reinventar é o principal desafio para que a companhia encerre o ano com a meta de crescimento cumprida. “Atualmente contamos com soluções que atendem uma demanda bem variada de empresas com foco em comércio exterior. A fusão com a GETT, por exemplo, nos trouxe expertise no atendimento a indústria importadora, , distribuidoras e comerciais importadoras e exportadoras. Em 2015, iremos expandir os negócios para novos mercados, equilibrando o crescimento”, finaliza.

Publicado em