onclick="gtag('event', 'clique', { 'event_category' : 'botao','event_label': 'Solicite' });"

Endereço

Rua do Rócio, 220 – 2º andar - Vila Olimpia

São Paulo - SP, 04552-000, Brasil

Telefone

(11) 3585-6000

Email

Envie a sua  mensagem!

Atendimento

Segunda à quinta-feira: das 9h às 18h 

Sexta-feira: das 8h30 às 17h30

Informações

Produtos

Contato

© 2017 Bysoft – part of the WiseTech Global Group. All rights reserved.​ Made by Colab

  • Bysoft

Conselho da Suframa aprova investimento de US$ 188 milhões para a Zona Franca de Manaus

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, presidiu nesta quinta-feira (20), em Manaus, a 290ª reunião ordinária do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS) – a primeira em 2020.

No encontro, foram avaliados 32 projetos industriais, com potencial de investimento na ordem de US$ 188,7 milhões, geração de 1.380 postos de trabalho e faturamento de US$ 1,2 bilhão. Os projetos analisados são 12 de implantação e 20 de atualização, diversificação e ampliação.

“Nós precisamos apoiar iniciativas que partam do que a Amazônia tem de fantástico que é a sua biodiversidade”, disse o secretário especial no encontro, que também comemorou os 53 anos de existência do Polo Industrial de Manaus, localizado na Zona Franca da cidade. “Queremos que a região se desenvolva, gere emprego, renda e preserve o meio ambiente”, completou.

Um dos principais destaques da pauta foi o projeto de diversificação da empresa Tec Toy, visando à fabricação de telefones celulares, com investimento total de aproximadamente R$ 79 milhões e expectativa de geração de 151 empregos.

Outros destaques incluíram o projeto de ampliação e diversificação da empresa Cal-Comp, voltado à produção de placas de circuito impresso (para uso em informática) e memórias RAM, com investimento total de cerca de R$ 86,7 milhões e expectativa de geração de 63 empregos; e o projeto de implantação da empresa Tutiplast (filial), visando à produção de assentos para motos e peças plásticas injetadas, com investimento total de aproximadamente R$ 24,8 milhões e expectativa de geração de 120 empregos. Ambas as iniciativas vêm reforçar o segmento componentista do Polo Industrial de Manaus.

Também estiveram em evidência projetos que utilizam matéria-prima regional em seus processos produtivos. São os casos das iniciativas de implantação da empresa Amazônia Polpas, visando à fabricação de polpas de frutas, concentrados para bebidas não-alcoólicas e geleias, doces, purês e pastas de frutas regionais, com investimento de aproximadamente R$ 6 milhões e expectativa de geração de 94 empregos; e da empresa WR Diniz, também para fabricação de polpas de frutas, com investimento total superior a R$ 2,2 milhões e expectativa de geração de 13 empregos.



Empregos

O superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, afirmou que a autarquia e o modelo Zona Franca de Manaus celebram 53 anos de existência em um momento extremamente positivo para a região e para o país.

Já o secretário especial Carlos Da Costa manifestou satisfação por observar na pauta vários projetos com grande capacidade de geração de empregos e, sobretudo, índices de renúncias fiscais por trabalhador em níveis interessantes:

“Já falei algumas vezes aqui no Conselho sobre a importância de termos projetos com renúncias por trabalhador em níveis que permitam que a mesma renúncia gere mais postos de trabalho. Nós temos uma responsabilidade muito grande de gerar empregos nesta região, pois é emprego que ocupa o nosso território, defende nossa soberania e protege nossa floresta”, afirmou Da Costa.

O secretário especial lembrou, ainda, que outros projetos da pauta desta reunião do Conselho – como o projeto de implantação da empresa Amazônia Polpas – utilizam insumos regionais em seus processos produtivos. “Temos que buscar cada vez mais isso, sem prejuízo nenhum para outro setor, mas entendemos no Ministério da Economia que o desenvolvimento dessa região passa por encontrarmos e estimularmos as vocações regionais”, reforçou.

Da Costa salientou que o Conselho precisa continuar dando passos adiante nesse sentido e sugeriu que, na próxima reunião, seja apresentada, pelas equipes técnicas da Suframa e do Ministério da Economia, uma minuta de portaria que venha a trazer modernizações na Resolução nº 204 (que dispõe sobre a apresentação, análise, aprovação e acompanhamento de projetos industriais) de forma a impulsionar a geração de empregos com base nas novas diretrizes e orientações do Conselho.


Presentes

Além do secretário Da Costa e do superintendente Menezes, a reunião contou com a presença do governador do Acre, Gladson Cameli; do governador de Roraima, Antonio Denarium; do vice-governador de Rondônia, José Atílio Salazar Martins; do governador do Amazonas, em exercício, Carlos Almeida; do superintendente da Sudam, Paulo Roberto Correia; de parlamentares, empresários e representantes de entidades de classe, entre outros.


(*) Com informações da Suframa


Disponível em: <https://www.comexdobrasil.com/conselho-da-suframa-aprova-investimento-de-us-188-milhoes-para-a-zona-franca-de-manaus/>. Acesso em: 26 fev 2020.

10 visualizações

 

Vendas: 11 3585-6041 | comercial@bysoft.com.br • Suporte técnico e atendimento: 11 3033-9595 | suporte@bysoft.com.br • Demais áreas: 11 3585-6000